blog
Algarismos

O famoso e misterioso sinal da “Arroba”

O caminho para a fama global começou em 1971, quando foi escolhido por Ray Tomlinson (1941–2016) para enviar o primeiro e-mail entre utilizadores da ARPANET1. Ray necessitava de um símbolo para separar a identificação do utilizador e o nome da máquina ou sistema. Como estava fora de questão desenvolver um novo símbolo, Ray teve que procurar algum disponível que pudesse usar. Optou pelo esquecido e pouco usado @.

O símbolo que escolheu em 1971 tinha caído em desuso desde o início do século XX. Boa parte das pessoas não fazia ideia para que servia, apesar da sua história remontar a tempos medievais com registos desde 1345. O significado original ou propósito ainda é um assunto em aberto, sujeito a discussão e investigação por paleografistas, mas no geral é aceite que fosse uma abreviatura usada em anotações comerciais. A teoria é razoável pois era comum o uso de abreviaturas pelos copistas ou outros que anotavam informação. Nessa altura o papel era um bem caro e escasso.

O sinal acabou por ser adaptado para a impressão tradicional, tanto quanto se sabe, algures por volta do início dos anos 1800 conforme documentos impressos dessa altura que mostram o sinal. Nas impressõess anglo-saxónicas era usado em informação comercial como abreviatura de “quantidade de”, “cada”, “soma” ou “de”. Em finais do século XIX e início do século XX, foi transposto para alguns teclados das máquinas de escrever, cujos clientes começaram por ser as empresas. Das máquinas de escrever passaram para os teclados dos computadores e em 1971 recuperado para novo uso com o propósito actual.

Depois de ser transformado em sinal de email, a designação actual (anglo-saxónica) — “at” — tem bastante sentido pois o sinal continua a referir a ligação de duas partes, um pouco à semelhança do uso anterior. Actualmente: o primeiro termo (nome do utilizador) @ (nome computador/sistema).

Contudo, em Portugal e Espanha, o sinal teve uma evolução diversa. O seu uso é muito antigo, mas algures no tempo evoluiu como símbolo da unidade de medida da “Arroba”. A Arroba é uma medida de peso de origem árabe que em Portugal é igual a 14,7Kg, popularmente aceite como 15 Kg. Esta antiga medida foi regulada por D. Manuel I em 1512–14, no “Regimento dos Oficiais das Cidades, Vilas e Lugares destes Reinos”, a primeira lei impressa que se conhece em Portugal. As medidas existentes foram normalizadas num sistema em forma de pesos em bronze moldados como copos que encaixavam como uma Matrioska e pesavam um “Quintal” (igual a 4 Arrobas).

O nome do sinal ficou indelevelmente associado a esta medida de peso em Portugal e Espanha. Nome que se mantem apesar do uso do sinal ser completamente diferente.


Notas

1Advanced Research Projects Agency Network, a rede de computadores militar estabelecida em 1969, que daria origem à internet e à WWW.


Referências

http://typefoundry.blogspot.com/2013/10/commercial-at_6.html

http://www1.ipq.pt/PT/Metrologia/Materiais%20Historia/Livro%20-%20Historia%20dos%20Pesos%20e%20Medidas%20em%20Portugal.pdf


Partilhe este artigo nas redes sociais:



O que achou? Tem comentários ou opiniões sobre este artigo?

Envie-nos o seu comentário